Blog Bem Gasto

Cartão de crédito: Você ainda paga anuidade?

O Brasil é um país em que os grandes bancos desenvolveram um forte domínio no mercado financeiro: em 2018, as cinco maiores instituições financeiras detinham 82% dos ativos bancários.


Entretanto as fintechs, empresas de tecnologia que otimizam os serviços financeiros, chegaram forte no mercado de crédito e começaram a cutucar os bancos, que por sua vez, começaram a tentar desenvolver novos cartões para não perder os seus clientes.


Hoje em dia, temos uma boa variedade de opções e empresas que querem facilitar e baratear o consumo dos brasileiros, por isso não faz mais sentido pagar anuidade para cartões de créditos para o seu uso comum.


O cartão de crédito é muito bom para se organizar e parcelar algumas compras, mas as taxas do rotativo, custo que os bancos cobram para financiar o montante da sua fatura que não foi paga, não são baixas em comparação ao resto do mundo, e podem acabar gerando uma bola de neve em dívidas para quem não se organizar corretamente para pagar suas parcelas em dia.


Seguem alguns dos melhores cartões sem anuidade do país de cada bandeira. Escolha o que mais atende às suas necessidades do dia a dia e boas compras!


Mastercard

Nubank

A startup brasileira pioneira Nubank lançou em 2014 o seu cartão de crédito internacional, sem anuidade e completamente gerenciado pelo seu aplicativo.

Dentro de suas inovações, é possível aumentar o limite, antecipar suas parcelas com desconto, mudar a data de vencimento da tarifa, bloquear/desbloquear seu cartão, entrar em contato com a empresa de forma fácil e desburocratizada, e tudo isso é feito através do seu smartphone.

O Nubank também oferece o programa de pontos, conhecido como Rewards, em que os pontos nunca expiram, mas para aderir ao programa ainda é necessário pagar uma taxa.



Banco Inter

O cartão de crédito internacional e sem anuidade veio da ideia do Banco Inter de se atualizar com novas tecnologias e focar em dar mais facilidades para os clientes.

Para se obter esse cartão de crédito é necessário abrir uma conta de débito no banco. O cartão é todo controlado por meio do site ou aplicativo, e apresenta uma variedade de serviços em sua plataforma, mas não tem uma programa de fidelidade próprio, por isso o cliente ainda usa o programa de vantagens da MasterCard.



Credicard Zero

Esse cartão de crédito oferece 15% de desconto na compra de ingressos além de ter pré-venda e entrada especial para shows no Credicard Hall.

Falando em descontos, é possível se beneficiar também em compras com parceiros como Netshoes, Decolar, Natura, Uber etc.

A fatura é totalmente digital e é possível resolver tudo por meios eletrônicos. O seu programa de fidelidade é o da Mastercard.



Visa

Digio

A Digio pertence à Elo, que tem como maiores acionistas Banco do Brasil, Banco Bradesco e a Elopar (controlada indiretamente pela Caixa Econômica Federal). A união de grandes bancos faz com que a empresa tenha ainda mais credibilidade perante o cenário nacional e mundial.

Tudo é resolvido pelo celular com atendimento personalizado via chat, inclusive você recebe seu cartão sem custos de emissão e nem precisa comprovar renda para solicitá-lo.



Neon

O Neon é um banco digital que oferece dois tipos de contas: Neon e Neon +. Independente da conta, você tem direito a um cartão de crédito internacional que não possui anuidade.

Você resolve tudo pelo app, o que facilita demais a sua vida. Lembra bastante o Nubank, Digio e outros cartões digitais.



Saraiva

O cartão Saraiva é emitido em parceria com o Banco do Brasil, portanto o limite é definido também pelo banco, levando em conta o seu histórico individual.

Além de ser um cartão internacional e sem anuidade, ele ainda tem um aplicativo que facilita seu gerenciamento e uso, e um duplo programa de recompensas: Saraiva plus e milhas aéreas.



Igor Borges Franco Zimermann do Nascimento é voluntário da Bem Gasto

https://www.linkedin.com/in/igor-zimermann-33914116a/





143 visualizações