Blog Bem Gasto

Cheque especial: cuidado com a furada mais barata!

Amigas e amigos, tudo bem?

Saiu na noite do o dia 27 de novembro uma notícia quentinha, direto do Conselho Monetário Nacional: uma regra que limita os juros do cheque especial a 8% ao mês (aprox. 150% ao ano)


Essa é a chamada das notícias. “Governo limita juros em 8% ao mês para o cheque especial”, diz o Estadão; UOL tem manchete semelhante. Que notícia boa, né? Vamos com calma… Com certeza a atitude do governo é louvável, mas fica escondida aí uma pequena observação - os bancos foram autorizados a cobrarem tarifa de até 0,25% sobre o valor de limite de cheque especial disponibilizado, independentemente do uso. Ou seja - apesar de a linha de crédito ficar mais barata, os bancos poderão (e provavelmente farão, para recuperar a receita perdida) cobrar de cada um de nós só pela disponibilidade do empréstimo. Não dá para esperar que uma mudança tão grande viria 100% de graça, né? Não pode…


Há uma exceção listada para a cobrança desta tarifa adicional: a tarifa não será cobrada para limites dados pelo banco a correntistas até R$ 500,00. Caso a tarifa seja cobrada, os 0,25% serão cobrados em cima do limite disponibilizado menos R$ 500,00. A motivação exposta pelo governo é fazer com que as pessoas mais pobres, maiores usuárias dessa linha de empréstimo, paguem menos juros. 


Isso corta mais ou menos pela metade os juros do cheque especial atualmente praticados (por volta de 300% ao ano - !!!). A regra passa a valer a partir de 6 de janeiro de 2020. Ano Novo, Juro Novo! Péssima piada, eu sei… mas é só pra quebrar o gelo. “Adeus Juro Velho”? Tá bom, parei.


Essas mudanças são certamente ótimas para as vítim… quer dizer, para @s clientes desta linha de crédito, mas isso não pode mascarar um fato muito simples da vida: cheque especial continua sendo uma linha de crédito cara, mesmo com desconto de 50%. 


Sendo mais direto (sincero eu sempre sou, mas às vezes com mais jeito) - cheque especial continua sendo uma FURADA. Agora, é uma furada que custa a metade do preço! Não se esqueçam - fujam do cheque especial! Em geral (ou seja, quase sempre - excluam daqui casos muito extremos…), não o usem; se cometeram um erro e usaram, use seu tempo para pensar em um plano para sair e execute. Vida apertou? Procure outras linhas mais baratas e adapte sua vida à sua nova realidade. 


De qualquer forma, não deixa de ser uma boa notícia. Não é 100% de graça, mas mesmo assim é ótimo, principalmente pra quem está com a corda financeira no pescoço. Só não fiquem confortáveis - fujam da furada mais barata! A regra geral que eu (e um monte de gente) sempre falo pra todo mundo continua valendo: cheque especial não é renda, não é salário - é EMPRÉSTIIMO, e (ainda) bem caro. Planejem bem sua vida financeira para tentar ficar de fora dessa!


Se precisarem de ajuda pra isso ou pra qualquer outra coisa nessa caminhada, é só me escrever!! Vou ficar muito feliz em ajudar!



Um grande abraço,

Alexi Atchabahian

alexi.atchabahian@gmail.com

0 visualização