Blog Bem Gasto

O poder transformador de uma criança

Atualizado: 15 de Out de 2018


Num sábado qualquer, bem uns dez anos atrás, meus sobrinhos Carol e Rapha estavam na minha casa enquanto seus pais estavam num compromisso que não lembro qual era. Era manhã e eu estava às voltas com os cuidados domésticos ao mesmo tempo em que tentava divertir as crianças.


“Tia, como assim você não recicla o lixo?”. Dois rostinhos de espanto e indignação me encaravam. Um pequeno mal-estar se fez presente na cozinha bagunçada. Naquele exato momento, segurava em minhas mãos uma caixa de papel que tinha como destino a lixeira, a mesma que acondicionava resto de comida, vidros, esponjas velhas e outras porcarias.

“Ué, mas o que vocês sabem sobre reciclagem?”, perguntei, tentando me recuperar da bronca que levei de um pirralho de sete anos e uma princesinha banguela de cinco.

“Na escola. Já sabemos tudo sobre reciclagem”, foi a resposta.


E foi com essas duas criaturinhas, de cinco e sete anos, que tomei consciência, na prática, sobre a importância da reciclagem. Passei a separar o lixo e a destinar corretamente os materiais para as usinas, o que custava uma brevíssima viagem de carro até o centro de coleta a cada duas semanas.

E por que estou contando isso tudo?


Porque as crianças podem ensinar muito aos adultos. E isso vale principalmente para a educação financeira. Com pureza e mente aberta, elas conseguem compreender e passar com facilidade conceitos que para nós, grandinhos, achamos complicados demais. Nossa relação com o consumo desenfreado. Nossas escolhas entre o fácil e o certo. Entre guardar o dinheiro para um plano futuro ou gastar com mais um sapato ou pote de doce.


Falar sobre finanças com as crianças ajuda a prepará-las para um futuro melhor e mais próspero. Assim como cuidar do planeta, saber cuidar do dinheiro é uma atitude sustentável para a economia do País. O amanhã pertence a elas. Que tal orientá-las desde já, não importando idade nem condição social?


Você pode ajudar nessa lição de casa.


Patricia Nakamura, jornalista e voluntária do Bem Gasto.

https://www.linkedin.com/in/patricianakamura/

0 visualização