Blog Bem Gasto

Quando o dinheiro escorre pelo ralo

Conta pra mim quem gosta de perder dinheiro. Ninguém, né? Eu detesto! Se você perdeu dinheiro porque se arriscou demais em um investimento e não tem tanto apetite para isso é uma tristeza, mas a perda de dinheiro que eu me refiro é aquela atrelada a um erro...Aí o sentimento de derrota é implacável!


É o que você sente quando recebe uma infração de trânsito e precisa pagar essa multa, além de receber os pontos na carteira. Quer dinheiro mais mal gasto do que esse? Triste demais, mas, gostando ou não, você cometeu um erro e está sendo punido por isso.


Mas sim, existe uma punição que é mais sacal do que essa: multa por atraso no pagamento de uma conta! Poxa vida, esse dinheiro sim é MUITO MAL GASTO, especialmente se o motivo do não pagamento não foi porque você não tinha o valor para honrar com a sua dívida (isso já seria um problema, dado que você adquiriu esse compromisso, deveria ter se planejado para arcar com ele), mas você simplesmente não fez o pagamento até a data estipulada por DESORGANIZAÇÃO!


Ter que pagar juros e multas por não pagar uma conta na data limite, simplesmente porque você não se organizou para que tal, é de doer o coração.

Eu particularmente tive um episódio nada bacana, que me fez mudar minha postura com relação a esse tema.


Na época eu morava sozinha e a cobrança do aluguel era por boleto, entregue diretamente no meu apartamento. Eis que saí para uma viagem de trabalho por quase 20 dias e, completamente atarefada nesse período, eu me esqueci de pagar o aluguel. Ao retornar, eu tive que pagar o aluguel, multa, juros de mora e também os custos advocatícios da imobiliária, que já havia me acionado seguindo sua régua de cobrança padrão que, na época, era o envio de cartas ao meu apartamento, ou seja, comunicações que eu só tive acesso quando retornei.


E para evitar esquecer de pagar as contas no dia correto, as dicas são simples:

sempre que puder opte pelo débito automático em conta corrente.

Ajuda muito no controle do pagamento das contas! Só não deixe de conferir os valores debitados e se realmente houve o débito. Falhas no processo não são comuns, mas como em toda transação financeira, um erro pode acontecer.

se preferir, inclua os vencimentos das contas na sua agenda do celular.


Com certeza você estará com seu celular por perto, então programe um horário onde você será “despertado” sobre a necessidade de pagar a conta. E se as dicas acima falharem, amarre uma lã vermelha no dedo! Minha avó dizia que essa dica é tiro e queda.



Fabi Bergamin, voluntária do Bem Gasto, marketeira por profissão, gestora de suas finanças pessoais, que acredita no poder do aprendizado através das experiências https://www.linkedin.com/in/fabiana-bergamin-7727a27/

88 visualizações