Blog Bem Gasto

Quando seus vizinhos ganham na loteria...

Um belo dia o pai da família Silveira chega em casa e vê que seu vizinho, da família Ferreira, reformou a frente da casa. Ele pensa: “Ok, realmente precisava”.


Passa uma semana e ele vê um carro novo na garagem do vizinho. Uma leve dor de cotovelo se torna mais evidente. A gota d’água é quando a esposa comenta da nova bolsa da mulher do vizinho e o filho pede o videogame novo que o coleguinha Ferreira ganhou.


Este homem então começa a gastar sua poupança, tomar dinheiro emprestado e correr investimentos de maior risco. Afinal, o vizinho está fazendo o mesmo! A economia deve estar boa e os Silveiras não podem ficar atrás dos Ferreiras.


O que os Silveiras não sabem é que os Ferreiras ganharam na loteria!


História maluca, não? Mas é exatamente isso o que acontece de acordo com um estudo do Banco Central da Philadelphia. A hipótese era se as pessoas gastam mais para não parecerem inferiores culturalmente ou socialmente. Mapeando vencedores de até 150 mil dólares canadenses (R$ 430 mil reais hoje), eles verificavam que os vizinhos dos ganhadores gastaram mais em bens visíveis aos outros moradores do bairro, como carros. Já móveis de casa, que são bens não visíveis aos vizinhos, não tiveram aumento de gastos.


Como citado no artigo “Promessas, dietas e poupança: o que estas coisas têm em comum?” não competimos em poupança. Competimos mostrando nosso status às outras pessoas e isso é muito perigoso. Muitas famílias deste estudo declararam falência.


Conselho pessoal e de economista: não meça sua vida em roupas, joias e carros. Meça em cafezinhos com pessoas que você gosta, risadas, livros lidos e segurança financeira. Evite esta competição dispendiosa sem vencedores e sem aplausos.


Meu nome é Rubens Sanghikian, economista e escolhi me voluntariar na Bem Gasto, utilizando a educação financeira como meio de combate à pobreza e desigualdade social. Neste blog postarei artigos na linha de como podemos utilizar a economia comportamental e políticas públicas para melhorar as nossas finanças. Até mais =D




95 visualizações