Blog Bem Gasto

Quer investir em imóveis sem ter de pagar o IPTU? Fique de olho nos FII!

Você já pensou em ser dono dos melhores imóveis do Brasil?


Com fundos de investimentos imobiliários você pode ser dono de grandes prédios na avenida Paulista, ter galpões com excelente localização alugado por multinacionais e também ser dono de shoppings pelo Brasil inteiro.


Fundos de investimentos imobiliários, ou FIIs para os íntimos, é um produto muito familiar para os brasileiros que já têm em sua cultura enraizado a tradição de comprar e alugar imóveis como uma fonte de renda.


Porém, diferentemente de comprar um terreno, construir uma casa, procurar inquilinos, manter a casa dentro dos padrões e se preocupar com as tributações a serem pagas, em um FII você tem toda uma equipe para cuidar da construção e manutenção do seu imóveis, contará com profissionais especializados em locação sempre em busca dos melhores contratos e inquilinos e a única coisa que você tem que fazer é esperar o aluguel cair no final do mês!


Parece mentira e até mesmo você deve pensar que isso vai te custar muito dinheiro, mas com apenas R$100,00 você já pode começar a investir em FIIs.


Como funciona o investimento

Basicamente, um fundo de investimento é um grupo de pessoas que se reúnem para investir em algo, assim cada uma delas, dando um pouco de dinheiro, junta-se um montante suficiente para comprar ativos (produtos financeiros como ações, CDBs, títulos públicos ou debêntures) em uma grande quantidade e assim também rateando os custos entre todos.

Os fundos de investimentos imobiliários são exatamente desta forma: um grupo de pessoas colocam um pouco de dinheiro, e com o montante acumulado é feita a compra ou a construção de um imóvel. Como o valor acumulado é alto, é possível ter imóveis muito bem localizados e que rendam um grande volume de aluguel.


Bom agora é que chegamos na parte boa: o ALUGUEL. Quando o aluguel é pago mensalmente, após a retirada dos gastos mensais, ele é revertido quase integralmente para os seus donos, pois os FIIs têm em suas normas a obrigação de distribuição de 95% dos seus lucros.


Como qualquer coisa os FIIs também têm riscos, dentre eles a variação de preço que ocorre com a variação do mercado imobiliários e do mercado acionário.


Todos os investimentos devem sempre ser analisados da melhor forma possível e com calma. Além disso, também temos o risco de perder um inquilino e não conseguir repor de forma rápida, por isso a diversificação e uma boa análise são a chave para investir.


Anderson Travinski Moravski, gestor financeiro pós graduado em Mercado de Capitais.

Voluntário da Bem Gasto, investidor e... apaixonado por cachorros!

https://www.linkedin.com/in/anderson-moravski-cea®pqo®-5b9583161




108 visualizações2 comentários